Início Gastronomia Baião de dois: Um prato tipicamente nordestino

Baião de dois: Um prato tipicamente nordestino

9373
COMPARTILHE:

Se você perguntar à qualquer nordestino qual o prato mais típico dessa região, com certeza o baião de dois estará na lista. Registros históricos determinam que a criação dessa mistura única dá-se ao estado da Paraíba, mas é no Ceará que existe uma variedade imensa.

No Rio Grande do Norte o baião de dois ganhou força ao ser servido como acompanhamento de seus churrascos.

Aprenda mais um pouco sobre este prato e saiba como fazer essa combinação tão nutritiva que não falta na mesa de nenhum nordestino.

Depois de ler este artigo aproveite para ler também:

Baião de dois

De onde vem o baião de dois?

Como foi dito mais acima, o baião foi inventado na Paraíba, onde existe uma grande área rural no nordeste. Como o feijão e o arroz são dois elementos padrões das refeições brasileiras, as mesmas acabavam se misturando naturalmente nos pratos dos trabalhadores dessa região.

Posteriormente eles passaram a ser cozidos juntos e, na maioria das vezes, com aquele restinho do feijão e do arroz cozido durante o dia. A partir de então passou a ser aprimorado e outros elementos foram acrescentados para dar mais sabor ao prato.

Receita do Baião de Dois

A maioria das pessoas que comem o baião de dois e não fazem o mesmo em casa, pode achar que os dois alimentos são igualmente cozidos juntos, mas não é verdade. O preparo é bem simples, mas requer o cozimento e preparo individual de cada um deles. Veja como preparar o baião de dois com o passo a passo mais abaixo.

  1. O seu feijão deve ser cozido apenas com os temperos básicos. Se você costuma acrescentar carnes, linguiças e outros elementos à panela de pressão, evite neste primeiro momento.
  2. Quando o seu feijão já estiver um pouco cozido, despeje o arroz ainda cru e somente então acrescente os temperos que precisa, como tomate, cebola, coentro, entre outros. Não é preciso acrescentar água, pois o arroz irá cozinhar com o caldo do feijão.

Após cozido você pode apagar o fogo e acrescentar alguns pedaços de queijo coalho. É importante cortar quadrados ou tiras generosas, pois como o queijo derrete facilmente, quando muito pequenos e finos vão desaparecer e este é para ser mais um ingrediente do baião de dois. Para quem gosta, também pode acrescentar alguns pedaços de carne do sol para cozinhar juntamente com o arroz.

Após servido, misture duas colheres de nata fresca ao seu baião de dois ainda quente para dar um gosto muito mais especial. Evite fazer essa mistura e deixar armazenado muito tempo porque a nata azeda com facilidade.

Baião de dois: Um prato tipicamente nordestino
4.2 (84%) 10 voto[s]
COMPARTILHE:

Comentários